Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Músicos em rede com o Kompoz

por Rui Dinis, em 16.03.14

Kompoz

 

Se há plataforma que melhor poderia ser definida pelo título deste blog, é exactamente esta, o Kompoz. É uma ideia simples e curiosa ainda que já pouco original na sua génese. Genericamente e disponibilizando uma série de recursos facilitadores, o Kompoz assenta numa ideia de colaboração com músicos de todo o mundo através da Internet. Como os próprios referem na página principal do site, com o Kompoz podes criar canções com um baixista em Estocolmo, um baterista em Nashville e um guitarrista em Kalamazoo. Tem um plano gratuito.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:40

 

redes sociais

 

Para se estar online é necessário saber estar; estar de uma forma equilibrada e coerente. Não vale a pena estar presente numa dúzia de redes sociais, se depois não temos tempo nem capacidade para responder às necessidades de cada uma. É certo que músicos e bandas têm hoje na Internet uma poderosíssima ferramenta de promoção. Mas é igualmente certo que quando mal utilizada, esta vira-se rapidamente contra nós. Geralmente, de uma forma bem mais acutilante e destruidora. Ainda que sejam muitas as soluções, aqui fica a minha proposta, são 10 plataformas sociais para músicos e bandas marcarem presença:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:50

twitter

 

Genericamente, não há razões importantes para uma banda não estar no Twitter, da mesma forma que está ou deverá estar no Facebook. Mas atenção, a ideia deste artigo não é comparar as duas redes sociais, cada uma tem as suas virtualidades, a ideia é mostrar que o Twitter, dadas as suas características, é também ela uma rede social de inequívoco interesse para músicos e bandas. Sendo uma rede virada especialmente para a interação social, o facto é que esta é também uma excelente ferramenta de promoção; pura e dura.

 

Em todo o caso, antes das 10 razões, dois pontos prévios:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:30

you tube logo

 

Há uns tempos atrás, o João Pedro da Costa alertava-me, simpaticamente, para uma certa leveza na abordagem que fiz no e-book "Música, Net & Blogs" quando tratei da importância do vídeo na Internet para músicos e bandas. É um facto e a verdade é que nunca mais me esqueci de tal questão. O artigo de hoje vai exactamente nesse sentido, a ideia é apontar 10 razões para músicos e bandas criarem um canal no You Tube. Sem entrar especificamente pela vertente mais comercial, os músicos de hoje não podem de facto ignorar o poder do You Tube como meio de promoção.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:52

10 serviços de alojamento na cloud

por Rui Dinis, em 19.01.14

cloud

O alojamento na cloud é hoje um serviço incontornável. Um serviço que é também ele uma oportuniadade, não só pela questão ligada ao alojamento e backup de informação, mas também e particularmente, pelas oportunidades que promove de colaboração e partilha entre músicos e outros artistas. São muitas as soluções, deixo-vos aqui apenas 10 como referência; a minha referância.

 

ACTUALIZADO

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:45




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Receba as novidades por e-mail






Comentários recentes



Mensagens


Web Analytics