Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



blasted mechanism

 

Bem, o mais certo é nunca ter sequer ouvido falar deste conceito. E com razão, este é um conceito do universo do Marketing e da Gestão e que em princípio, nada teria a ver com o universo da música; em princípio. O que tentarei fazer aqui é uma adaptação do USP (Unique Selling Proposition), em português Proposta Única de Valor ou apenas Proposta de Valor, ao mundo da música e ao conceito existente por detrás de uma banda, um projecto, um músico. E por USP ou Proposta de Valor, de uma forma bastante simplificada, entenda-se aquilo que uma empresa ou um produto, por exemplo, tem para oferecer de diferente em relação ao que os seus concorrentes já oferecem. Aplicado ao meio musical, o que pode diferenciar determinada banda das restantes que a rodeiam? Que caracteristica tem determinado projecto ou música que a torna realmente inconfundível?

 

O mote está lançado e não sendo algo verdadeiramente obrigatório para uma banda ou um músico ter sucesso, o facto é que é muitas vezes esse USP que faz determinados projetos sobressairem em relação a outros semelhantes. Naturalmente, a comparação também não é óbvia, a aplicação deste conceito à música, pelo menos no sentido aqui aplicado, tem naturalmente algumas diferenças em relação ao conceito típico da Gestão. Esta é uma extrapolação algo livre.

 

Mas afinal, que USP são esses?

 

Genericamente, podemos dizer que eles são de dois grandes tipos: inatos e adquiridos. No caso da fadista Mariza, o seu USP é claramente a voz. A voz é um USP inato. A perfeição do manusear da guitarra portuguesa por Carlos Paredes ou a incrível métrica da escrita de Sérgio Godinho, podem também ser considerados USP inatos. 

 

Como exemplo de um USP adquirido, e estes podem ser inesgotáveis, utilizemos o bom exemplo dos Blasted Mechanism; são mesmo um bom exemplo. No caso dos Blasted Mechanism, os fatos, o dialecto inventado, os instrumentos também inventados, os concertos electrizantes,  a filosofia inerente à banda, são todos USP adquiridos. É algo que surge aos olhos do público como uma marca única dos Blasted Mechsnism. O facto é que os USP adquiridos podem ser inúmeros: as duas baterias dos Paus; o one man band de The Legendary Tigerman; a novidade do bombanço dos Buraka Som Sistema; a imagética do cangalheiro e do gangster dos Dead Combo; a imagem mod dos The Poppers; a figura de Carolina Torres como voz dos The Girl In The Black Bikini; etc.

 

Não é fundamental mas talvez seja um exercício interessante cada banda ou projecto procurar o seu próprio USP. Podendo ser características naturais, estas podem também ser adquiridas e estar relacionados com o universo da banda; com a sua composição; com os seus costumes; com a música propriamente dita; com a forma de distribuição da mesma; com a forma como a banda se relaciona com os fãs; etc. O importante é que seja algo que diferencie a banda da restante "concorrência". Que diferencie e possa ser explorado em termos de marketing; ao máximo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Receba as novidades por e-mail






Comentários recentes



Mensagens


Web Analytics