Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 

redes sociais

 

Para se estar online é necessário saber estar; estar de uma forma equilibrada e coerente. Não vale a pena estar presente numa dúzia de redes sociais, se depois não temos tempo nem capacidade para responder às necessidades de cada uma. É certo que músicos e bandas têm hoje na Internet uma poderosíssima ferramenta de promoção. Mas é igualmente certo que quando mal utilizada, esta vira-se rapidamente contra nós. Geralmente, de uma forma bem mais acutilante e destruidora. Ainda que sejam muitas as soluções, aqui fica a minha proposta, são 10 plataformas sociais para músicos e bandas marcarem presença:

 

Facebook (geral) - Não serão necessárias muitas palavras. É a rede social do momento. Muitas bandas têm mesmo utilizado o Facebook como única e principal presença na rede - não o aconselharia de todo. Poderá e deverá ser igualmente um centro de partilha da informação disponibilizada pela banda noutros meios e redes.


Twitter (geral) - Tal como o Facebook, o Twitter faz parte das redes sociais obrigatórias. Muito se pode dizer com apenas 140 caracteres.


Google+ (geral) - Não é ainda tão poderosa como as anteriores mas já está à espreita. Um dia, quando o facebook baquear, o Google+ vai estar a postos para tomar a liderança. Para além de perfis pessoais, o Google+ já aceita páginas para instituiçõs e afins.

 

MySpace (música) - Não é o que era mas está longe de estar morto. Com uma imagem muito mais clean, continua a ser uma interessante plataforma social.


ReverbNation (música) - Semelhante ao MySpace, o ReverbNation vem munido de uma série de ferramentas de apoio à gestão de carreiras de músicos e bandas.

 

Palco Principal (música) - Semelhante às duas anteriores mas de produção nacional. Também com versões brasileira, caboverdiana, moçambicana e angolana.

 

You Tube (vídeo) - Já o tinha dito antes é também fundamental marcar presença no You Tube. 

 

Instagram (fotografia) - Pode ser uma plataforma importante para a interação com os fãs; os instantâneos de uma banda. Tal como noutros casos, as fotos poderão e deverão ser partilhadas nas principais redes sociais da banda, como o Twitter, o Facebook e o Google+.

 

LinkedIn (profissional) - Sendo uma rede profissional faz também todo o sentido. Não tanto para promoção da banda, mas para encontrar aquele técnico, aquele produtor, aquela editora, etc..

 

Tumblr (blogue) - Sendo uma plataforma de microblogging é também ela uma rede social. A sua simplicidade e tipos de artigos disponíveis, adaptam-se claramente às necessidades de um músico ou uma banda. Sendo igualmente uma rede social, é possível seguir outros blogs e ser seguido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:50




7 comentários

Sem imagem de perfil

De Canjatube Rede social para músicos a 05.05.2014 às 01:54

Ferramenta grátis para divulgação artística. Cadastre-se na Rede social e compartilhe seu trabalho com um público mais amplo. É Rápido,Fácil e Grátis !
http://www.canjatube.com/
Sem imagem de perfil

De Fernando a 17.05.2015 às 20:59

Coloquei esses 2 audios, vamos ver se dá certo

https://www.youtube.com/watch?v=akVUamdBah4


https://www.youtube.com/watch?v=-uEipLHDiBg
Sem imagem de perfil

De Músico Freelance a 17.07.2015 às 19:02

MAIOR SITE DO BRASIL DE DIVULGAÇÃO DE MÚSICOS E PROFISSIONAIS DA MÚSICA.
É GRATIS O CADASTRO.. DIVULGUE SEU TRABALHO ...acesse agora: www.musicofreelance.com.br
Sem imagem de perfil

De Bruno Amaral a 13.08.2015 às 23:29


Bom artigo para evitar que bandas que estão a dar os primeiros passos não façam asneira! :)
Sem imagem de perfil

De Joyce a 05.09.2015 às 11:42

Tenho usado bastante o canjatube.
Fiz muitas amizades com músicos de vários estilos e consegui aumentar a minha percepção musical......Canjatube é demais genteeee !
Sem imagem de perfil

De Antonio Marcos a 02.01.2016 às 12:54

Apesar das Redes Sociais serem de suma importância na carreira de um músico, ainda a riscos quando o assunto é, estabilidade digital, o ideal é também termos um blog com um domínio próprio, hospedado em um bom servidor, para controlarmos nosso conteúdo...
Saiba mais em: http://www.antoniomarcosreis.com/tres-formas-de-fazer-marketing-digital-com-musica/
Sem imagem de perfil

De Mauro Evandro Silva dos Santos a 18.06.2017 às 03:41

Realmente são excelentes dicas para os Músicos parabéns pelo conteúdo de extrema importância vou colocar em prática . Show.

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Receba as novidades por e-mail






Comentários recentes



Mensagens


Web Analytics