Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



nota de imprensa

 

Se parece natural para uns, para outros é já dispensável. A verdade é que é importante que bandas, labels ou distribuidoras, façam acompanhar as suas novas edições de um pequeno documento enquadrador a distribuir pelos media, pelos críticos e afins. Chamam-lhe press release, nota de imprensa na nossa língua. Se é verdade que o formato papel perdeu alguma da sua força, já a criação de uma nota de imprensa digital parece-me obrigatória. Mas atenção, não há uma forma única de fazer uma nota de imprensa para apresentar um novo disco. A versão que apresento é apenas uma das mais completas, havendo muitas mais. Importante é que cada um saiba adequar a nota de imprensa ao seu objectivo.

 

A acompanhar o texto, e para os menos jeitosos nestas coisas das novas tecnologias, disponibilizo também a versão em Word para download e futura impressão. De resto, as dicas tanto servem para o digital como para o papel.

 

1. Para começar, tentar que a nota de imprensa não exceda em papel duas páginas A4 - se couber numa, melhor.

 

2. Não é obrigatório mas no cabeçalho, pode aparecer o logótipo da label, da distribuidora ou da empresa de management, conforme o emissor da nota. Se da responsabilidade da própria banda, pode-se ignorar. No rodapé, incluir os contactos da mesma entidade emissora.

 

3. No título da nota, identificar claramente o nome do disco e os seus autores. Acrescentar a data prevista para a edição.

 

4. Segue-se a informação mais técnica relativa ao disco. Esta inclui uma imagem da capa do disco, o alinhamento completo, com a duração de cada faixa e os autores de cada letra e música, e restante informação técnica (género musical; país; formato; editora; distribuidora; nº de catálogo; duração total; nº de cópias se edição limitada; etc.).

 

5. Segue-se a parte nobre da nota de imprensa: o texto de apresentação. Não há regras muito fixas para este campo, cada banda deve saber melhor do que ninguém que tipo de texto prefere. Em todo o caso, uma regra final: o texto deve deixar água na boca para ouvir o disco. Normalmente, este espaço é preenchido com alguns dados biográficos, outros discográficos e outros ainda de caracterização do disco; inclui o processo de construção, também com informação relativa à gravação, mistura, masterização e produção. Não esquecer eventuais convidados.

 

6. Acompanhar a nota de imprensa com informação relativa ao músico ou à banda em questão. Nem sempre é utilizado mas para bandas novas, no sentido de se darem a conhecer um pouco melhor melhor, poderá fazer todo o sentido. Incluir neste espaço uma fotografia, a constuição da banda e seus instrumentos e local e ano de fundação. Incluir também a principal discografia.

 

7. Em alguns formatos, pode e deve ainda incluir-se as datas de apresentação ao vivo do novo disco.

 

8. Em notas de imprensa de pós-edição, pode fazer sentido, se positivos, obviamente, incluir já os feedbacks de alguns media.

 

9. Incluir presença online do projeto (website; Facebook; Twitter; You Tube; etc.).

 

10. Incluir contactos da banda e/ou do booking e/ou do management (moradas; telefones; e-mails).

 

[DOWNLOAD DE MODELO DE NOTA DE IMPRENSA EM WORD]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:11





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Receba as novidades por e-mail






Comentários recentes



Mensagens


Web Analytics